expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores da tenda

25 agosto 2013

A Cigana do Pandeiro e seus oráculos




Não vim para falar muito de mim, mas sim do meu método de leitura de oráculos e do meu trabalho. Sou a Cigana do Pandeiro, trabalho com um pandeiro com fitas grandes de todas as cores amarrados e com moedinhas coladas nas bordas.



Desencarnei com meus 19 anos, casada de pouco, com um filho homem de três anos nos braços. Eu fui banhar - me com ele na praia e a água forte nos  levou. Desencarnamos juntos. Foi um choque no meu grupo. Ainda me plasmo como eu era na época de encarnada. Eu tenho pele branca, sou baixa, cabelos negros, ondulados, olhos grandes, porte / estatura  normal, nem magrela de mais e nem gorda. Casei – me extremamente cedo já com um homem bem  mais velho que eu. Meu desencarne foi triste sim, mas a vida tem seus dissabores mesmo e o Pai nos fortalece, e foi dele que arranquei forças.

A língua que falo é de origem e sotaque de Romanês, mas me comunico bem  nos outros idiomas, porque vocês sabem bem que o astral é muito sábio.  Nasci na Romênia, falávamos essa língua internamente em nossos grupos, mas rodamos quase que o mundo todo. Entendemos mais de lugares e raízes de comidas que muitos que estudam nos livros, porque nos ciganos aprendemos isso desde pequenos. Vida de cigano é de muito trabalho. Não é uma vida com tantas coisas boas como vocês acham não.

Leio conchas do mar e as mãos das pessoas. As cartas eu até leio, mas gosto bastante são das conchas do mar, sempre carreguei isso desde encarnada e no desencarne aprimorei mais ainda como sendo mentora espiritual. São várias conchas, um monte e eu faço formar desenhos com elas. A consagração é feita com água do mar, as limpezas também e o firmamento do jogo também com água do mar ou ainda água de sal, caso a cartomante não tenha.



Gosto muito das cores: verde e azul. Aquele verde cor de esmeraldas e o azul forte cor de céu. Meu véu é verde cor de esmeralda, porque trabalho com mar que também é verde em muitos casos e a cura também. Azul – mãe Iemanjá, pai Omulú é também (mas não somente) da kalunga grande, ou seja, mar. Então são azul e verde as cores, mas eu adoro um colorido, adoro muitas fitas de cores variadas.

Uso incensos e/ou meu cigarro se for nas Tzaras, mas eu gosto mesmo é do meu cigarro. E não prejudico meu médium, porque eu faço o que tenho que fazer e tiro até o cheiro dele. Mas nos jogos uso bem mais incensos. Incenso: de flores e os de limpezas também uso muito, de alecrim principalmente. Não gosto dos incensos de pedras não!

Meu perfume favorito é o alfazema. Flores : rosas vermelhas, mas adoro rosas aceito todos que me derem para trabalhar de muito bom grado.  Gosto muito de trabalhar com ervas, são ótimos elementos curadores para vários males do corpo, e cuidando do corpo a alma fica um pouco mais aliviada. Eu trabalho com o que você precisar, mas sou da linha da cura.

Gosto de cores e adornos para me enfeitar, para ficar bonita. Uso um cordão de ouro com um medalhão, uma pulseira de moedinhas e uma tornozeleira com uma conchinha do mar. Cor ( es ) de vela ( s ) – azul, branca e \ ou verde. Trabalho com chás de frutas e de ervas também. Gosto de animais. Adoro rir e conversar, e sempre gostei de dançar muito mesmo. Gosto de ganhar cestas de frutas. Pedras: Topásio rosa e Topásio verde. 

Gosto de diklôs coloridos, mas o verde com moedinhas são lindos para se trabalhar na cor, porque além de cura, verde também é esperança.
                                                                                                


Por Cigana do Pandeiro,
Canalização: Sofia Clara e Esmeralda,
Em 12 de junho de 2013,

Em Blog Magia dos Ciganos do Oriente





12 comentários:

  1. Muito parecida com uma das minhas energias...rs
    Será?
    Só Deus sabe...
    Abração, amiga...
    Namastê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana!!! :D Que gosto ve - la por aqui.
      Não sei, quem sabe não é a mesma,né :)
      É muito bonita ela, e fala muito diferente. É um sutaque muito forte.
      Abração.
      Namasté, amiga :) volte sempre.
      Sofia

      Excluir
  2. Respostas
    1. Os ciganos trabalham em muitas linhas :D
      bjs Sofia

      Excluir
  3. Respostas
    1. Olá!!! Obrigada pelo comentário! Quanto amor por estes nossos ciganos, né? :) Bjss

      Excluir
  4. Oi boa noite adorei o blog gostaria de saber mais sobre a falange da cigana do pandeiro e sobre a cigana da água !
    Adoro o povo cigano e suas histórias
    obrigado desde já pela atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, boa noite! Tenho a uma matéria sobre a cigana da água aqui. E esta sobre a cigana do pandeiro. Tudo que sei anotei aqui. :) Beijos, minha flor.

      Excluir
  5. Tenho a cigana do pandeiro, entre tanto ela gosto mesmo do rosa. Mas a saia é toda colorida, cada tira de uma cor. Realmente é muito parecida com a descrição. O sotaque é totalmente diferente pelo que me dizem. Ótimo site. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, flor. Boa noite.
      Obrigada pela colaboração. Volte sempre é colabore sempre também. :)

      Excluir
  6. Estou começando a trabalhar com a cigana
    Do pandeiro, muito linda, faceira
    E de fé 🙌

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha, Talita.
      Quando puder conte mais sobre ela para nós. Beijos :)

      Excluir

Adoramos comentários de elogios e poder sanar suas dúvidas. Assim que puder seu comentário será aprovado e respondido.

Com amor Sofia Clara Kalinin