expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores da tenda

15 junho 2015

A cigana Rosa do Oriente e seu altar

(A cigana Rosa do Oriente é parecida de rosto, corpo e cabelos com esta cigana Teresa do Oriente, aqui pintada brilhantemente pela artista e pintora Maria do Carmo da Hora).



A cigana Rosa do Oriente e seu altar

Sobre a cigana

Rosa não é magrela. É uma cigana que desencarnou tarde, mas tem a aparência de uns 24 anos mais ou menos. Vestida aqui chegou de blusa estilo cigana de falsa maguinha rosa e saia da mesma cor rosa, branca, vermelha, amarela e laranja.
Viajou por toda França com seu grupo cigano e também viajou mundo afora. Nasceu na França. Trabalha muito com elemento terra, joga cristais (ela lê cristais). Perguntei a ela o que era “jogar cristais” e ela me disse que os lê. Explicou-me que não são todas, mas a maioria das ciganas Rosas trabalham para o amor. E que este amor não se restringe apenas entre casais, mas também amor à vida, a humanidade, ao bem estar.
Lê cartas e mãos. Gosta do colorido, toma champanhe, lê bola de cristal. Rosa além de trabalhadora do klã do amor é também do grupo dos ciganos encantados. Gosta muito do metal ouro. Exige de seus “filhos” a simplicidade e não gosta da arrogância. Usa pulseira de medalhas de ouro. Cabelos cacheados bem pretos e pele branca. Jeito delicado, mas ao mesmo tempo bem alegre, bem expansiva.
Impressiona-me é que ela é muito alegre mesmo, risonha, é delicada em suas feições, mas ao mesmo tempo gosta de falar de si, pelo menos chegou aqui assim.






Altar da cigana da rosa:


No seu altar e mesa de baralho não podem faltar o cristal. Um potinho ou um porta joiazinha pequeno com um pouco de terra. Terra preta mesmo e não barro. Um leque que pode ser em miniatura ou tamanho real. Tudo devidamente consagrado no sol por algumas horas.
Rosa me conta que também gosta de ter em seu altar além de champanhe doce e de vinho para o cigano, ela gosta de ter uma taça com água de chuva. Disse que que as coisas que a mãe natureza oferece bons elementos para trabalho. Gosta de ter tanto no seu altar quanto na sua mesa de trabalho com o baralho uma peça de ouro. Pode ser um anel, um cordãozinho ou moedas, até mesmo uma moeda.
Gosta do colorido, muita cor em seus trabalhos e altar. E gosta também de rosas vermelhas, amarelas ou rosa. Prefere que os elementos de seu altar sejam trocados as sextas – feiras bem como uma vela branca para santa Sara. Nos templos trabalha vibrando Iemanjá. Gosta de dançar e cantar. No seu altar quando seus filhos têm condições ela pede três rosinhas (uma vermelha, uma amarela e uma rosa).

Observação: Pessoal, as rosas são as vezes quando quiserem e puderem a cigana disse ao se despedir: “Com carinho dedicado que Cristo possa ajudar a cada um de todos vocês. Que a luz sagrada sempre estejam com vocês eu me despeço com alegria. Cigana rosa do Oriente” e subiu.   


Por Sofia Clara Kalinin e Lavínia
Blog Magia dos Ciganos do Oriente






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoramos comentários de elogios e poder sanar suas dúvidas. Assim que puder seu comentário será aprovado e respondido.

Com amor Sofia Clara Kalinin