expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores da tenda

12 fevereiro 2016

Cigana Sete saias do Egito




Cigana Sete saias do Egito


Cigana Sete Saias do Egito é uma cigana oriental, proveniente do Egito.
Perdeu os pais ainda bem nova, foi obrigada a se casar com um homem bem mais velho, no qual a maltratava. No desencarne escolheu trabalhar para o amor.


Cigana que gosta da noite, da lua e das estrelas. A cigana Sete Saias do
Egito traz também a cura com folhas em seus mistérios. Gosta da brisa
batendo em seu rosto. Apareceu vestida de roupa oriental amarelo ouro,
cobrindo apenas os olhos deixando de fora.


Sete Saias do Egito é uma cigana que lê mãos, moedas também. Usa muitos
anéis de ouro. Trabalha com elemento terra. Pulseiras de moedas com muito
ouro, muitas moedinhas penduradas, cigana acostumada a pegar sol, mas que
preferia a escuridão da noite para comtemplar as estrelas. A vi dançando...
cigana sensual, aparência jovem, acostumada a ter acampado nos calores do
deserto.


Observação: Esta parece uma cigana bem antiga, antes dos ciganos serem
expulsos do Oriente e começarem a vir para a Europa e Américas, pois era
exatamente assim. Os ciganos eram povos do deserto. As meninas eram dadas muito cedo em casamento a homens bem mais velhos que elas. Isto sem contar que muitas eram até vendidas e maltratadas por estes homens. Muitas ciganas eram vendidas a mercadores quase como escravas. Quando a tribo era muito pobre, elas acabavam por virar moeda de troca. As ciganinhas eram vendidas, porque muitas significavam um peso a mais, uma boca a mais para alimentar. Caro leitor, você já compreenderá o motivo desta explicação.


Sua pele é bem morena, queimada de sol pelo deserto. Seu marido era um
cigano árabe, porém bem mais velho p aquela mocinha. Ela tinha sensação de medo e repulsa, apanhava muito. Ele por sua vez dava ouro a ela e pensava com isso comtemplar sua alegria. Ouro ganho a base de muita tristeza. Ela não lia sorte para ninguém, pois ele não deixava. Isto porque no deserto e principalmente para os árabes não era permitido. Lia apenas para moças dos acampamentos. Trabalha para o amor e para a cura dele.


Dança uma espécie de dança do ventre. Apareceu com um véu fininho na cabeça amarelo ouro e deu - me a imagem mostrando um baú cheio de ouro. Disse: "Sou uma cigana do deserto que fui muito pobre sim. Tinha muita sede. O ouro que você viu é a fé. As pessoas querem barganhar com Deus, conseguem e se vão muito satisfeitos. Não se iluda, pois o alimento que mata tua fome hoje, amanhã pode te faltar. A fé é o verdadeiro ouro espiritual, e andar com a fé é tudo. A fé não lhe falta e torna sua caminhada mais forte".



Por Cigana Sete Saias do Egito;

Médium: Sofia Clara Kalinin.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoramos comentários de elogios e poder sanar suas dúvidas. Assim que puder seu comentário será aprovado e respondido.

Com amor Sofia Clara Kalinin