expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores da tenda

30 outubro 2015

Cigana Nora do Oriente



 (Imagem meramente ilustrativa. Pintura da brilhante Maria do Carmo da Hora.
Na verdade esta é a Cigana de Madrid, segundo os dizeres da mesma).



Cigana Nora do Oriente

Nora é uma cigana alta, usa branco e dourado. Gosta muito de usar pulseiras cor de ouro. É uma cigana curandeira, trabalha no clã da cura, atendendo aos necessitados de cura física, psíquica e espiritual. Pele branca, mas bem queimada de sol a sol onde trabalhava quando viva vendendo as coisas que seu grupo mesmo, os Kalderashes, fabricavam.


Nora sempre gostou de cantar e dançar. Estava prestes a se casar com seu primo de grau distante quando descobriu através de uma curandeira que ela se sentia com mal estar muitas vezes por estar com grave infecção. 


Nora era natural do México, mas percorreu parte da Europa, incluindo Espanha e Itália e outros. Até na Asia Nora foi parar, sempre acompanhada de seu clã. Ela desencarnou vítima deste mal, desta doença. Quando passou ao plano espiritual e devidamente curada, este espírito resolveu trabalhar em favor daqueles que sofrem por falta de cura, passou então a integrar o clã das Ciganas Curandeiras.


Lá conheceu o Clã das Ciganas Noras. Tempo depois se instalou neste clã e hoje este espírito chama - se Nora, porque eles carregam em seu nome o nome do clã, nome da falange que trabalham. Esta moça é devota de Santa Sara. Nora não conseguiu chegar ao casamento. Diz ela que sua sorte é a mais vela de todas, ajudar ao Pai a cuidar de quem mais precisa.


Sobre ler oráculos ela nos diz assim: "Leio apenas baralho comum e bola de cristal" (palavras dela). Trabalha também com chás e ervas.  Cigana nos diz que cantar e dançar é o melhor jeito que tomos de afastar a tristeza e deixar que o corpo fale, o corpo fique em paz.


Pergunto novamente como gosta suas roupas e ela responde que são vestidos ou blusas e saias brancas com penduricalhos dourados. Cinteira de moedas, xales e leques. Leque branco ou de roas brancas. Gosta muito de cores, mas usa o branco para trabalhos e por diversas vezes se caracteriza assim. Nora afirma que se uma pessoa que está enferma vê o branco, ela já se sente mais calma, mais tranquila de que será cuidada, facilitando assim o trabalho não só dela, como também dos médicos espirituais.


A linda cigana afirma que não é uma espécie de enfermeira, ela é uma curandeira. Diz que auxilia no que pode para trazer paz e bem estar. Gosta de rosas brancas sem espinhos (então já sabem, quando forem dar rosas a ela deem brancas e tirem os espinhos - o que deve ser feito com qualquer guia. Uma coisa que achei diferente: Ela pede que deixem as folhas verdes da rosa. Acredito que ela trabalhem com isso também).  Incensos é o de rosas brancas, para curas. Ela se utiliza muito de chás, ervas e especiarias. Perfumes é qualquer um que seja de rosas.
(Imagem meramente ilustrativa).


Dica da Nora:

"Sejam alegres; cantem, dancem. Assim vocês evitam dores no corpo e na alma. Quando a dor da alma passa para o corpo, fica mais difícil de se retirar o mal, pois a carne de vocês não dura. Espalhem a alegria. Cigano como qualquer povo trabalha muito, mas tem muita alegria e isso é visto nas roupas que usamos no nosso colorido. Sejam alegres. Evitem ficar se lastimando o tempo todo, isto fere a alma. Um bailado pode curar muitas feridas".



Salve a santa Sara e a Ciana Nora do Oriente
Sofia Clara Kalinin








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoramos comentários de elogios e poder sanar suas dúvidas. Assim que puder seu comentário será aprovado e respondido.

Com amor Sofia Clara Kalinin